domingo, junho 01, 2008

Na lápide desde agora

- Desejo ter desejos reais.
- O desejo de ter desejo já é um desejo. E os “não reais” também.
- Mas os meus desejos são quase sonhos.
- Porque não se pode sonhar?
- Meus sonhos são apenas palavras.
- Então são fáceis. Diga-me.
- Sonho ter um texto bonito em minha lápide. E estaria assim:

“Este homem lançou seu próprio livro, um romance inesquecível. Casou-se na praia com a mulher de sua vida. Viajou pelos mares do mundo com as pessoas que sempre amou. Aventurou-se. Aprendeu. Errou muito. Acertou bastante. Ganhou dinheiro com o que tinha prazer em fazer. Fez muita coisa que ajudou a humanidade. Fez algo que o tornou célebre. Será lembrado por futuras gerações. Este homem dono de um largo sorriso achou o seu lugar no mundo. Buscou e foi feliz”.

- Então seriam estas as palavras que gostaria de ter na minha lápide.
- Meu caro. Não importam as palavras. Quem grafa-las poderá mentir.
- Haveria honestidade.
- Aí é que está. Seus desejos são belos como seria a sua lápide.
- São irreais.
- São plausíveis. E são difíceis na medida em que deseja. Deseja tanto assim? O que está fazendo para que se realizem? Sonhar não custa nada. A não ser que você espera que se faça mágica.
- Tenho uma vida inteira para escrever minha lápide.
- Pense que tem um dia.
- Dois então?
- Dois.
- É que hoje é domingo, ta frio, chove...
- Sem preguiça a partir desta segunda-feira para desejar, realizar e ser feliz.
- Combinado.

12 comentários:

R Lima disse...

Os desejos sugerem uma boa dose de conhecimento de quem irá pôr mesmo na lápide, mas nada como exercitar a vontade de tê-las escrita.

Grande abç meu caro,


Texto de hoje: pOrtAs abErtaS...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Turismo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bia disse...

Desejar nuncaa é demaais!
Quanto mais desejos mais vontade de viveer!
E nada de preguiça pra isso, por favor...!

Beijoo com 1 desejoo que eu te conto depoiis! =]

Leticia disse...

E como você sempre diiiz, vida que segue! Até a lápide...rs

Beijos!

CArina CAmila disse...

Rss.. aii..
sempre bom vir aki..
e te ler assim..
belo..
mesmo q não seja na tal lápide.. já é perfeito (pelo menos pra mim) aki..

Beijoss

Cinthia disse...

Que delícia de texto!

Mas um domingo chuvoso também pode entrar nos escritos da lápide, como um dia que é possível sim, ser feliz.

Tenho boas lembranças de dias assim. Numa casinha simples mas aconchegante, comendo pipoca, assistindo um filme água-com-açúcar e debaixo do cobertor, cercada por pessoas essenciais.

Isso não conta como pílula de felicidade?

;)

Dicáh disse...

Segunda.. sem falta!!
Incrível, como sempre
Beijão!

Cássia disse...

Adorei! [ah, novidade...rs]

Muito bom mesmo. E espero que você já esteja melhor.

Beijos

Gabriel F. disse...

Beleza,cara!
Lindo d+!

Vlw

Mel disse...

Combinadíssimo, Thiago!
Bjs, Mel

Carmim disse...

Não adianta desejar e ficar sentado esperando acontecer. O que irão escrever será reflexo das nossas acções, por isso, precisamos agir de acordo com o que gostariamos de ter escrito na lápide.

Um beijo.

Bárbara (B.) disse...

O bom é viver, meu caro, viver!


Beijo meu.

Siga este blog por e-mail