sexta-feira, janeiro 07, 2011

Mentindo em quatro palavras por verso e algumas estrofes além

Acordar cedo é ótimo
Pena que não trabalho
Por isso, vou de ônibus
Lotado, amassado, cheiroso, gostoso.
Tipo café sem açucar
Ou dança sem par.

Só existe amizade verdadeira
Eu sou ótimo escritor
De Pernas Pro Ar
Muita Calma Nessa Hora
A vida é um moinho
A fórmula do amor

E eu sei mentir
Dinheiro nem traz felicidade
Trabalho enobrece o homem
Dinheiro na mão, vendaval
Não quero o dinheiro
Só se quer amar.

Se gritei feio contigo
Eu não dou desculpa
Não sou nada exagerado
Fui ali com amigos
Foi só um copo
E nada além disso.

E as mulheres, hein?
Mulheres gostam de rosas
Mulheres gostam de românticos
Agora, vamos fazer amor?
É só a cabecinha
Relaxa, não vai doer.

Isso nunca aconteceu antes
Você é a primeira
Você é o primeiro
Nunca transei com primeiro
Nunca gozei assim antes
Tamanho não é documento.

O tempo cura tudo
Mentir em quatro palavras
É dizer bem descaradamente
Que nunca te amei.
Eu já te amei?
Deixa dessa vez comigo
Eu pago a conta.

2 comentários:

Mayara disse...

Nunca comento ne? Mas sempre tem uma primeira vez. Entao, achei simplesmente sensacional!

Bjs

Carol disse...

Você é foda.

Siga este blog por e-mail