segunda-feira, agosto 07, 2017

MENSAGENS INESPERADAS

A gripe pegou de vez. Dizem que nós homens somos dramáticos em momentos de dor extrema, vou morrer, caraca, meu Deus! Mas eu discordo totalmente. O que melhora seu humor por aí? Claro que, salvos algumas raridades, a gente gosta de surpresas. Não ter expectativa torna tudo ainda melhor. Um abraço inesperado de quem a gente gosta é muito melhor que uma anunciada reunião de amigos que acaba minguando. Hoje, de humor especialmente tosco, pra lá de frio na alma, recebi um e-mail gratificante. Daqueles que a gente não imagina e aquece o espírito de uma forma especial. Segue:

"Oi Thiago, tudo bem contigo? Espero que sim. "Território" foi meu livro de cabeceira durante minhas férias. Nem tenho ideia do quanto lhe devo pela satisfação que sua obra me proporcionou nesses dias de calmaria, pelo tempo que passei recolhido em casa só pra desfrutar das coisas boas da vida: descanso, horta, passeio de bicicleta com a família, viagem, leitura.Conheci um pouco mais sobre a Nova Iguaçu dos meus tempos de andarilho pelos bairros da Luz e Miguel Couto. Parecia que eu estava caminhando por lá, conhecendo mais sobre sua gente, sobre suas histórias. Muito obrigado [...] especialmente pela oportunidade de encontrar uma janela do tempo, para retornar às minhas memórias afetivas, sempre que abria seu livro para reencontrar um diálogo perdido entre meu passado e meu presente."

Diariamente grato. Obrigado a este e-mail de um professor com o qual tive a oportunidade de ter aulas. Escrever é difícil pra caramba mas já experimentaram ficar torcendo para que uma pessoa leia seu livro? Pois é. A estrada é cheia de troços chatos mas é gratificante pra porra. Grato, professor.

Nenhum comentário:

Siga este blog por e-mail