quarta-feira, julho 26, 2017

AS PALESTRAS QUE MINISTREI EM JULHO

Foi um mês recheado de eventos e agradeço por isso. Palestra no Espaço Progredir, nas Bibliotecas Comunitárias Ziraldo e Paulo Freire, Bate-Papo na Casa de Cultura (Biblioteca Cial Brito), Feira Literária em Queimados e em Nilópolis. Levo muita coisa de todos esses encontros.
Quando cheguei na Grama fui chamado de "muito branco". Foi paradoxal e me chamou muita atenção. Era um adolescente e ao final ele queria muito ler meu livro. Sinal que o tema valeu a pena. Já nas Bibliotecas foram muitas crianças e adolescentes. O que também é incrível. Vejo as sementes sendo plantadas. Tenho muito orgulho do que anda acontecendo por lá através, principalmente, dos trabalhos da Mônica, da Nathália e de todas as meninas.
Em Nilópolis aprendi a falar para uma platéia, digamos, volúvel. Tinha gente mas não tinha gente. Pra lá e para cá. E em Queimados conheci um monte de gente incrível. O que significa isso tudo? Bom, o fortalecimento de uma grande rede de escritores e produtores culturais, debates muito enriquecedores e, consequentemente, notar que o Território tem voado cada vez mais firme.
Fica a valiosa dica para escritores: participe dos eventos que puder. Ser escritor vai muito além da sua relação íntima com as palavras. Você é o meu convidado para os próximos eventos.

Dia 30/08, 18 horas - Bate-Papo com os escritores Thiago Kuerques e Jonatan Magella na Biblioteca Cial Brito;

Dias 09, 16 e 23/08, 18 horas - Oficina de Escrita com os escritores Thiago Kuerques e Jonatan Magella na Biblioteca Cial Brito;

Dia 18/08, 10 horas - Entrevista para a Rádio Miriandela (Nilópolis) com transmissão ao vivo;

Dia 09/09, 12h - 12h50 - Lançamento do livro Território na Bienal do Rio no Riocentro.


Nenhum comentário:

Siga este blog por e-mail